Select Menu

Slider

Tecnologia do Blogger.

Empreendedorismo

ideias

Radar

Apoios

Agricultura

Franchising

Videos

Dois portuenses de gema levaram até Londres aquela que é a das iguarias principais da Invicta: a francesinha.

O restaurante FRHAPPY abriu portas esta quinta-feira na capital britânica. Fica em Upper Street, bem perto do Emirates Stadium, o estádio do Arsenal.

Teresa Cardoso e António Almeida foram os responsáveis pela ideia de dar a conhecer a Londres os “segredos e sabores” da francesinha. Colocaram mãos à obra para o sonho ser transformado em realidade e o resultado é o FRHAPPY. Que é para londrinos e não só. “Porque a francesinha é um verdadeiro prato de comida do mundo e Londres é a cidade de todas as culturas”.. 
E porquê FRHAPPY? 
“O nome joga com a junção das palavras Francesinha e Happiness e traduz os momentos de fruição proporcionados por este prato típico”, explicam Teresa e António”. “Uma comida feliz e inspiradora de bons momentos”, definem Teresa e António. Como é impossível separar francesinha e cidade do Porto, mesmo que a milhares de quilómetros de distância, o FRHAPPY terá também o importante papel de ser como que o embaixador da Invicta em terras da Grã Bretanha. De sabores e não só. Na decoração, por exemplo, é possível ver referências ao Porto que trazem as memórias da cidade bem até ao coração de Londres. “A francesinha tem um lado social e cultural muito próprios. Permite o sentimento de convívio e partilha com família e amigos. E representa a essência do ser portuense e do humor e personalidade forte característicos dos seus habitantes”, explicam Teresa Cardoso e António Almeida. O ambiente do FRHAPPY “é tranquilo e em formato de easy food”. Teresa e António desejam “que todos os minutos sejam de deleite”. Quem quiser também poderá levar uma francesinha do FRHAPPY para casa e não só. “Temos serviço de take-away sempre disponível. Os nossos clientes até podem levar a francesinha para fora do restaurante e comê-la num banco de jardim, por exemplo”, garantem os portuenses que querem seduzir Londres com os sabores do Porto.
-
Curso Presencial no Porto e em Lisboa



O que são as Opções Binárias?

As Opções Binárias são um instrumento de investimento em grande expansão, onde não se investe na compra de ativos em si, como a compra de Ações na Bolsa, por exemplo.

O processo consiste na realização de apostas referentes ao valor que determinado ativo poderá atingir num determinado período de tempo, que pode ser curto (60 segundos, 15 minutos, 1 hora, etc.), ou longo (1 dia, 1 semana, 1 mês, etc).

As opções são apostar na descida (PUT), ou na subida (CALL).

Caso acerte, conseguirá lucrar em média 70% a 85% do valor da sua operação.

Pode saber mais em OpcoesBinarias.biz

INSCREVA-SE NO CURSO: Opções Binárias - de Principiante a Trader

no PORTO e em LISBOA
- -
Este tema é muito querido para mim, as hortas, as hortícolas e as aromáticas são um mundo fascinante. É de facto uma nova tendência e cada vez são mais as pessoas que procuram na sua varanda, marquise, terraço, quintal ou pequeno espaço livre para cultivar as suas hortícolas.

Não é preciso material nada de especial para cultivar hortícolas, servem: vasos, bacias plásticas, reciclagem de garrafas e garrafões, latas de metal, paletes, madeiras e também canos que por vezes são deitados ao lixo no final de certas obras, um bom substrato, plantas ou sementes!
Fácil, não é?

Aqui ficam algumas ideias de possibilidades para se inspirarem:
Uma estrutura vertical feita com uma moldura de madeira e tela.
Caixas de vinhos são um excelente contentor para plantas
Paletes
Contentores de plástico...solução barata
Plantações em socalcos.
Uma velha lata para canteiro de aromáticas.
Calhas ou canos são uma boa forma de cultivo.
Um garrafão cortado pode ser um vaso.

Um dos conceitos importantes quando estamos a programar a localização das nossas hortícolas é saber como combiná-las no mesmo vaso ou em vasos próximos.
Devemos colocar juntas plantas companheiras e longe as antagónicas.

Deixo-vos aqui um quadro que pode AJUDAR.
-
Uma cadela cega e idosa vivia com as patas sujas pela casa. Para solucionar este problema, a sua dona, uma mulher empreendedora, criou o Limpa Patas, uma escova inovadora que permite limpar o animal sem tocar na sujidade. Este produto pode ser usado para limpar a seco ou com champoo.

Simples, o Limpa Patas é um recipiente com uma escova de limpeza circular. Para usar, basta posicionar a pata do animal e girar o pote. O dono não precisa de tocar na sujidade. A escova pode ser lavada e dura até seis meses.

Com vendas em sites especializados e direto ao consumidor, a empreendedora calcula que já tenha vendido cerca de três mil unidades desde o lançamento. Cada Limpa Patas custa cerca de 5 euros.

O equipamento pode ser usado em cães, gatos e coelhos. A empreendedora diz também que já criou e patenteou um modelo elétrico que pode ser usado com animais maiores, como vacas e cavalos.
-
Esta é uma boa lição para todos nós, não importa em que fase da vida…

Uma jovem foi conversar com sua avó, e contou sobre o quanto as coisas estavam difíceis na sua vida – o marido a havia traído e ela estava arrasada. Ela não sabia o que ia fazer e queria desistir. Ela estava cansada de lutar e brigar. Parecia que assim que um problema estava resolvido, um outro surgia.
Sua avó a levou para a cozinha. Encheu três panelas com água e colocou cada uma delas no fogão. Assim que a água começou a ferver, colocou em uma das panelas cenouras, em outra colocou ovos, e na última colocou café, sem dizer uma palavra.

Cerca de vinte minutos depois, ela desligou o fogão, colocou as cenouras em uma tigela e os ovos em outra. Então pegou o café e derramou o líquido em uma terceira tigela.
Virando-se para a neta, ela disse: “Diga-me o que você vê.”
“Cenouras, ovos e café,” ela respondeu.

Sua avó trouxe as tigelas para mais perto e pediu que a neta experimentasse as cenouras. Ela obedeceu e notou que as cenouras estavam macias. A avó então pediu que ela pegasse um ovo e o quebrasse. Depois de retirar a casca, ela observou o ovo cozido.
Finalmente, pediu que a neta saboreasse o café. A neta sorriu ao provar seu aroma delicioso, e perguntou: “O que significa isso, vovó?”

Sua avó explicou que cada um deles havia enfrentado a mesma adversidade: água fervente. E cada um reagiu de forma diferente. A cenoura era forte, firme e inflexível. No entanto, após ter sido submetida à água fervente, amoleceu e se tornou frágil. Os ovos eram frágeis – sua casca fina protegia o líquido no interior, mas depois de colocados na água fervendo, seu interior se tornou mais rijo. No entanto, o pó de café foi o único que, depois de colocado na água, mudou a água.

“Qual deles é você?”, perguntou a avó. “Quando a adversidade bate à sua porta, como você responde? Você é uma cenoura, um ovo ou o café?”
Pense nisso: Quem sou eu? 

Sou como a cenoura que parece forte, mas murcho com a dor e a adversidade? Fico frágil e perco a força?

Será que sou o ovo, que começa com um interior maleável, mas muda com o calor? Será que eu tenho um espírito maleável, mas depois de uma morte, uma separação, uma dificuldade financeira ou algum outro julgamento, eu me torno mais difícil e dura? Será que minha casca parece a mesma por fora, mas no interior estou mais amarga, com o espírito e coração endurecidos?

Ou eu sou como o pó de café, que muda a água quente – a própria circunstância que traz a dor? Quando a água fica quente, ele libera a fragrância e o sabor. Se você é como o café, quando as coisas estão no seu pior, você melhora e muda a situação em torno de você. Quando o momento é de escuridão e os obstáculos são mais difíceis, você se eleva a um outro nível?”

Como você lida com a adversidade? Você é uma cenoura, um ovo ou o café?

Espero que você tenha felicidade suficiente para lhe trazer a doçura, obstáculos o suficiente para lhe trazer a força, tristeza o suficiente para mantê-lo humano, e esperança suficiente para fazer você feliz.

As pessoas mais felizes não têm necessariamente o melhor de tudo – elas simplesmente aproveitam ao máximo tudo o que vem em seu caminho. Que todos nós possamos ser como o café!
-

Através de um poderoso sistema de laser é possível transformar uma ilustração numa verdadeira obra de arte pronta para ser exposta e neste caso não só é impressionante o produto final, como também o processo de execução.
-
Check out our hands on demo with Lily, the camera that flies itself!

Lily is a new drone that actually flies itself and is a lot smarter than you would expect.
- -
Booking.com